Sindasp/CE repudia ações de violência contra agentes penitenciários


O Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp/CE) diante do quadro de total insegurança para agentes penitenciários vem, através desta nota, cobrar providências eficazes no combate aos crimes praticados contra a categoria.

É fato que sempre houve perseguição contra agentes penitenciários, mas nos últimos meses esses profissionais ficaram ainda mais vulneráveis. É preciso e necessário que haja mais investimento no setor de inteligência da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus). A pasta deve aderir a novas estratégias de combate aos bandos que tentam ceifar a vida de agentes e familiares.

São crescentes e assustadores os números de ataques contra servidores penitenciários, fazendo-se necessário a implantação emergencial de medidas investigatórias para desvendar a autoria dos diversos delitos. Não basta somente nomear novos agentes, tem que investir em treinamentos e armamentos também, além de melhorar a estrutura dos presídios.

Se existem dificuldades na equipe de inteligência ou no aparelhamento estrutural, que se busquem soluções adequadas e rápidas. Não se pode considerar normal os agentes penitenciários serem atacados no percurso de casa e às vezes na própria residência.

O Sindasp/CE repudia os recorrentes casos de violência e conclama por empenho da Sejus para solucionar a problemática que tem ganhado destaque nas capas de jornais, tanto na capital como no interior do Estado.

Publicado em 26/07/2018, categoria: Notícias do Sindicato por Tags: , ,

Deixe o seu Comentário