Presidente do Sindasp/CE esclarece caso à imprensa


O presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciários do Estado do Ceará (SINDASP/CE), Valdemiro Barbosa, esclarece aos ouvintes que, baseado no relato da assessoria jurídica da entidade a profissional apontada como suspeita de ter facilitado a entrada de celulares na unidade prisional não pertence ao Grupo de Apoio Penitenciário – GAP.

O presidente do SINDASP/CE relatou ainda que, o caso está sendo investigado, ou seja, a autoria continua desconhecida, não foi prisão, apenas a apreensão dos celulares. Fato que deixa a agente penitenciária, que terá a identidade preservada pela entidade, apenas na situação de investigada.

Deixe o seu Comentário