Agentes Penitenciários paralisam atividades no Presídio Feminino


Agentes do Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa interromperam as atividades da unidade prisional na manhã desta sexta-feira(4). A categoria reivindica mudanças na segurança do presídio, visto que, na noite passada duas servidores foram agredidas por detentas.

Diante a situação, o Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp/Ce) acompanhou a movimentação e buscou alternativas para resolver a problemática, visto que outros episódios semelhantes já ocorreram em presídios do Estado. “Lamentavelmente esta virando rotina os nossos agentes serem agredidos ou ameaçados. O pior é que muitas vezes os agressores não são punidos”, comentou o Presidente do Sindasp/Ce, Valdemiro Barbosa.

Após horas de atividades suspensas,  o Sindasp/Ce se reuniu com as Agentes de plantão e a diretora da unidade que, prometeu analisar a situação da segurança e transferir quatro internas. Na ocasião, ficou agendado para próxima semana, na Sejus, uma reunião entre sindicato, agentes lotadas no Auri Moura Costa e o Secretário da Justiça e Cidadania, Dr.  Hélio Leitão, a fim tratar a pauta de reivindicação no presídio feminino da capital.

Publicado em 04/09/2015, categoria: Galeria de Fotos, Notícias do Sindicato por

Deixe o seu Comentário